À espera de largar a emoção

Seguir

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não.
Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote.
Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa.
gaibeu@gaibeu.pt.
Gaibéu
Seguir

Dos tempos idos em que ainda não havia tranqueiras a proteger os populares e em que os toiros apenas passavam, levados pelos campinos, em direcção à Praça de Toiros Palha Blanco para aí serem lidados, até ao tempo presente em que à passagem dos animais se juntam, empoleiradas nas tranqueiras, milhares de pessoas, pouco, no que diz respeito às largadas, mudou. 

A euforia e o medo com rosto de paixão não saem das almas vila-franquenses quando se fala de toiros. Vive-se do Colete Encarnado à Feira de Outubro e da Feira de Outubro ao Colete Encarnado com o nervoso miudinho dos toiros no estômago. Espera-se, prepara-se,  lava-se e arranja-se tertúlias com olhos fixos nos animais que serão largados nas ruas à mercê das gentes.

Por mais que os protectores dos animais critiquem e chamem maus tratos às largadas de toiros, os vila-franquenses não as vêem assim. Não as sentem assim. Sabem de um respeito que profundamente nutrem por estes animais. Sabem-no bem e não vêem mal nas brincadeiras com eles. Afinal não há dor infligida a não ser que alguém acabe por sair magoado, toiro ou gente, em pé de igualdade, sem armas e com o fundo a nu.

Desde os primórdios das largadas, quando ainda não eram largadas, mas apenas esperas dos toiros levados pelos campinos até à praça, que os vila-franquenses vivem esta lide como se fosse a última. Foi realmente a última para alguns, homens e toiros que ali, naquele jogo, onde só entra instinto e âmago se entrega a vida nas mãos do outro em troca de uma lide que funde o homem e o animal com a terra e as raízes.

Por muito que muitos não gostem e / ou não compreendam estas tradições, é-lhes tão legítimo esse direito quanto o é para os que gostam e teimam em lidar os bichos como bichos e senti-los das entranhas aos poros.

*Fotografias de Helder Bento

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não. Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote. Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa. gaibeu@gaibeu.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two + 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.